Retornar para:

Aterosclerose

O que é a doença aterosclerótica?

É uma doença sistêmica e progressiva com predisposição genética e influência de fatores como, alimentação e hábitos de vida. Definida pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como alterações da camada íntima e média (parede) das artérias por acúmulo de lipídeos, cálcio e outros produtos sanguíneos, causando sua obstrução.

Quais as manifestações mais frequentes?

As consequências são relacionadas com o órgão afetado. Assim quando a aterosclerose atinge as artérias carótidas, responsável pela irrigação cerebral, pode ocorrer o acidente vascular cerebral (derrame). Se as artérias acometidas são as responsáveis pela irrigação das pernas o paciente pode sentir dor ao caminhar (claudicação).

Como é feito o diagnóstico?

O espessamento (engrossamento) da parede arterial é considerado um indicador precoce da doença aterosclerótica, o que levou o FDA (Food and Drug Administration)* a validar sua medida pela ultrassonogravia vascular das carótidas nos estudos de aterosclerose.

Como posso prevenir?

É preciso evitar os fatores de risco, como o fumo e os alimentos gordurosos. O ideal é fazer exercícios com regularidade e controlar a diabete e a hipertensão arterial. Converse com seu médico! ANGIOLAB, há dez anos especializado em diagnóstico vascular.

* Labropoulos N, Mansour MA. screening and utility of carotid intima-media thickness. In: Vascular Diagnosis Elsevier Saunders, Philadelphia,2004.pp157-171.

Tags:

Please reload